Gravidez: Infecção urinária

0

  • O que é uma infecção do trato urinário?
  • Quais os sintomas da infecção urinária?
  • O que acontece se eu tiver infecção urinária quando grávida?

Destaques: cerca de 20 por cento das mulheres acaba tendo infecção urinária na gestação. Beba bastante líquido para evitar uma e consulte seu médico se apresentar febre ou tiver dor ao fazer xixi.

O que é uma infecção do trato urinário?

Ela é causada por bactérias que levam à inflamação e irritação do sistema urinário (ITU). Infecções urinárias são comuns em mulheres na faixa dos 20 a 50 anos — aproximadamente uma em cada cinco terá ao menos uma infecção do tipo durante esse período da vida. Se não for tratada, a infecção urinária pode causar muita dor e até ser perigosa, já que às vezes migra para a região dos rins.

A gravidez deixa as mulheres mais suscetíveis às infecções do trato urinário, porque os hormônios da gestação afrouxam os músculos nos rins e no ureter, o que diminui o fluxo de urina dos rins para a bexiga. Com isso, bactérias têm mais tempo de se multiplicar antes de ser eliminadas do corpo.

Quais os sintomas da infecção urinária?

Eles podem incluir:

• dor ou queimação ao fazer xixi

• dor na pelve, no baixo ventre, ou dor do lado

• tremores

• febre

• sensação alternada de calor e frio

• náusea e vômitos

• vontade frequente e incontrolável de ir ao banheiro

• urina com cheiro forte

• mudança na quantidade de urina (para mais ou menos)

• sangue na urina

• pus na urina

• dor durante a relação sexual

Entre os sinais que podem indicar que a infecção passou para os rins estão febre alta e dor constante na área de um ou dos dois rins.

O que acontece se eu tiver infecção urinária quando grávida?

Antibióticos podem ser usados com segurança para essas infecções durante a gravidez. Seu médico vai pedir um exame de cultura da urina para identificar que tipo de bactéria está causando o problema.

Fale com seu ginecologista assim que perceber qualquer sinal de uma infecção do trato urinário, porque, se não for tratada, ela pode levar a uma infecção nos rins, o que, por sua vez, pode causar um parto prematuro. De rotina, o obstetra deve pedir um exame de urina na primeira consulta e mais um por volta da metade da gravidez, mesmo que não haja sintomas.

Fonte:Baby Center


17 de dezembro de 2009 |

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>