Mascar tabaco também traz riscos à saúde

0

Quando se substitui o tabaco sem fumaça por cigarro, quais são os efeitos à saúde?

Autoridades de saúde afirmam que as pessoas que fazem essa escolha estão trocando um conjunto conhecido de riscos, especialmente os que envolvem problemas nos pulmões, por um conjunto emergente de riscos, incluindo câncer oral, doenças cardíacas e vários outros problemas graves de saúde.

Em 2009, uma revisão de estudos na Suécia e nos Estados Unidos, publicada no British Medical Journal, descobriu uma elevação evidente e significativa do risco de morte por ataques cardíacos fatais pelo uso de tabaco sem fumaça.

Um estudo anterior, realizado em 52 países e publicado no The Lancet em 2006, observou o uso de apenas tabaco sem fumaça, de cigarro apenas, e o uso de ambos.

O estudo descobriu que o risco de ataques cardíacos fatais e não fatais com o uso de tabaco sem fumaça era praticamente igual ao risco do uso de cigarro.

Estão sendo realizados estudos para verificar se o tabaco sem fumaça aumenta o risco de diabetes, problemas reprodutivos e câncer do pâncreas.

O vício severo em nicotina (risco evidente do uso de tabaco sem fumaça) surge porque ele entrega de três a quatro vezes mais nicotina por dose que os cigarros que emitem fumaça, afirma o Instituto Nacional do Câncer.

O hábito de uso combinado de tabaco sem e com fumaça está surgindo entre jovens adultos. Isso preocupa autoridades de saúde, já que pode ser mais difícil abandonar o uso de ambos.


5 de março de 2010 |

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>